06 de Julho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Mulher
10/04/2022

'Xapa Xana': lubrificante à base de maconha aumenta prazer feminino

Foto: Reprodução

Você sabia que cerca de 56% das brasileiras possuem dificuldade de chegar até o orgasmo? Esses são dados que fazem parte de uma pesquisa sobre o prazer feminino, desenvolvida pela Universidade de São Paulo (USP).

 

Agora, se o bem-estar e a saúde dependem da atividade sexual para se manterem em bons níveis, como ficam essas mulheres? Pois é! Ainda bem que existem outras maneiras de chegar até lá, né?

 

Um desses produtos é o Xapa Xana. Desenvolvido por Débora Mello, o produto tem origem uruguaia e promete estimular e aumentar ainda mais o prazer feminino. Isso porque, o lubrificante é feito à base de Cannabis (maconha), então promove um maior relaxamento da região íntima. A recomendação é de que a aplicação seja realizada pelo menos 15 minutos antes do ato sexual ou da masturbação.

 

Veja também

 

Lubrificante à base de maconha ganha adeptas no Brasil

 

Pesquisa aponta que 'Ponto G' é formado por 5 zonas erógenas

 

Mas você sabe porquê isso acontece?

 

Segundo a ginecologista Mariana Rosário, produtos à base de Cannabis aumentam o prazer porque a absorção de qualquer substância na vagina é muito maior que de outras formas porque é uma região mucosa, logo tem um epitélio extremamente vascularizado.

 

Nesse sentido, o que o Xapa Xana “vai causar na região é um relaxamento. A cannabis tem um potencial de relaxar o usuário, como se você desligasse. Então, é possível diminuir um pouquinho da sensibilidade na vagina, reduzir a dor e ter um relaxamento muscular”, explica a médica.

 

No entanto, vale lembrar que esse é um produto que não é autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Xapa Xana também está em processo de avaliação da agência sanitária uruguaia. Em entrevista ao O Globo, a criadora do lubrificante comentou sobre a pretensão de industrialização e exportação.

 

“Estamos buscando um laboratório parceiro para produzir. Quando isso acontecer, o Xapa Xana poderá ser importado nos lugares com legalização da Cannabis e esperamos que possa chegar ao Brasil”, disse Débora Mello.

 

O produto também tem como propósito o empoderamento feminino. O lubrificante também possui uma fanzine que aborda o assunto e faz a divulgação de diversas artistas latino-americanas, além de instruções para uso.

 

Risco de alergias

 

Por conta da irregularidade de vendas por países em que o Xapa Xana não é regulamentado, muitas mulheres vêm se aventurando em produzir seu próprio lubrificante à base de Cannabis em casa. No entanto, é necessário muito cuidado!

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Assim como outros produtos utilizados na região íntima, o lubrificante pode alterar o pH vaginal por conta de substâncias presentes em sua composição. Sendo assim, o ideal é sempre fazer acompanhamento médico e não se aventurar produzindo de forma caseira esse produto, tudo bem? 

 

Fonte: Alto astral

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.