NOTÍCIAS
Interior em Destaque
24/11/2020

Ação rápida de policiais militares impede que bebê de 5 meses seja assassinado a facadas pela própria avó

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Policial Militar salvou a vida do bebê que escapou de ser morto pela própria avó

Um bebê de 5 meses escapou de ser assassinado com facadas pela sua própria avó identificada como Leila Nonata Carvalho, 55, por volta das 22h de domingo.


A tragédia quase aconteceu na Rua Beira-Mar, Zona Central do município de Itamarati, distante 983 quilômetros de Manaus em linha reta.


Uma ação rápida de equipes da 1ª CIPM e 11º GPM evitou que a avó tirasse a vida do neto, depois de discutir e expulsar de casa a sua filha mais velha que também é a mãe da criança.

 

Veja também

 

Polícia civil solicita ajuda da população para encontrar jovem que desapareceu no mês de agosto em Manaus

 

Jovem desaparecida pode ter sido esquartejada e os pedaços do corpo devorados por cachorros no Distrito Federal

De acordo com informações preliminares a avó havia consumido bebida alcoólica e estava bastante agressiva dentro de sua casa.


Depois que a filha saiu de casa no começo da manhã, Leila Nonata passou a maltratar o neto de 5 meses e a outra neta, uma menina de 6 anos de idade.

 

A faca que a avó segurava e ameaçava matar o neto se a polícia tentasse prendê-la

 

Quando os policiais foram comunicados que havia crianças em risco na casa da avó, foram para o local do fato e ao adentrar o imóvel a avó correu e se trancou em um dos quartos.


Ela estava armada com uma faca, segurava o bebê pelo braço e ameaçava fazer uma grande besteira se a polícia tentasse prendê-la.


Os policiais conseguiram entrar no quarto onde a avó mantinha o neto como refém e foi iniciada uma negociação que só chegou ao fim quando Leila Nonata foi dominada e desarmada.

 

Bebê de5 meses no colo do policial militar que salvou sua vida (Foto: Divulgação)


A faca foi retirada da mão da avó do bebê que também foi levado de dentro do quarto sem nenhum ferimento, por um dos policiais militares.


As duas crianças foram entregues para a mãe que se encontrava em desespero do lado de fora do imóvel e Leila Nonata foi conduzida à Delegacia de Polícia de Itamarati.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.


A avó foi autuada em flagrante por maus tratos contra incapaz, ameaça, cárcere privado e a partir de agora vai responder por esses crimes na Justiça Estadual.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.