NOTÍCIAS
Qualidade de Vida
30/05/2020

Armazenar escovas de dentes juntas coloca saúde em risco

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Prática tão comum na casa dos brasileiros aumenta risco de contaminação e, por isso, é condenada por especialistas

Escovar os dentes diariamente é fundamental para evitar problemas de saúde bucal, como as conhecidas cáries. No entanto, essa higienização pode perder parte de sua eficácia dependendo do modo como as escovas de dente são armazenadas.

 

Desde o primeiro uso, esses utensílios de higiene pessoal já começam a acumular bactérias, provenientes da própria boca. Elas não são consideradas um risco, uma vez que já estão presentes no corpo.

 

A ameaça de transmissão de bactérias e vírus graves surge quando há o contato com escovas usadas por outros membros da família. Isso porque o toque entre as cerdas pode criar um ponto de contaminação cruzada. Por isso, elas devem ser guardadas separadamente e com a cabeça coberta.

 

Veja também

 

Dossiê vitamina D: carência, suplementação e benefícios. CONFIRA

 

Consumo de alface pode ser aliado em momentos de ansiedade

 

A capinha protetora é uma ótima solução para evitar que as bactérias alcancem as escovas. Para manter ativa essa funcionalidade e impedir a formação de fungos causados pela umidade, também é importante higienizar regulamente o acessório de proteção.

 

A limpeza da escova no dia a dia também segue como medida essencial para a prevenção de males bucais. O ideal é lavar o utensílio em água corrente e retirar o excesso de umidade com batidinhas leves.

 

Confira mais dicas para evitar a contaminação das escovas de dente!

 

Foto: Reprodução

 

Lave bem as mãos antes de iniciar a escovação. As mãos sujas podem levar bactérias para a boca;


O ideal é que as escovas dentais sejam trocadas a cada três meses, justamente por conta do acúmulo de bactérias;


Em casos de processos infecciosos como gripes e resfriados, as escovas devem ser trocadas logo após a recuperação. A água corrente e o creme dental não são capazes de eliminar os vírus, o que pode ocasionar uma recaída da doença;


Nunca compartilhe ou empreste escovas dentais. Elas são de uso pessoal e o uso compartilhado pode provocar infecções e contágio de doenças;

 
Não deixe a escova próxima ao vaso sanitário. Ao acionar a descarga, os coliformes fecais são lançados no ar e podem chegar à escova dental.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram
Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 


Os truques são da Condor, empresa com a maior fábrica de escovas dentais da América Latina.

 

Metrópoles

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.