02 de Julho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Esportes
24/05/2022

Bragantino é eliminado da Libertadores e perde vaga na Sul-Americana

Foto: Reprodução

O Red Bull Bragantino precisava de uma vitória no Uruguai para seguir na Libertadores, mas uma atuação confusa da equipe de Maurício Barbieri acabou decretando a sua eliminação na competição continental. A derrota por 3 x 0 para o Nacional, em Montevidéu, deixou a equipe brasileira na lanterna do Grupo C com cinco pontos. Pior, a ultima colocação na chave tirou o time paulista também da Sul-americana.

 

Sem torneios internacionais em seu calendário, o Red Bull Bragantino agora vai ficar restrito à disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

 

Apesar de ter obtido a vitória, o Nacional (que terminou a fase de grupos com sete pontos)também acabou eliminado da Libertadores. No entanto, o time uruguaio ficou com uma vaga na Sul-americana. As duas vagas do grupo acabaram ficando com o Estudiantes (que terminou em primeiro com 13 pontos) e o Velez Sarsfield (segundo lugar com oito pontos).

 

Veja também

 

Fred cogita aposentadoria imediata, mas desiste após conversa com presidente do Fluminense

 

Flamengo figura em ranking de marcas mais valiosas do futebol mundial

 

O Bragantino apostou sua estratégia na posse de bola para tentar administrar a partida, mas os erros cometidos no setor defensivo comprometeram a estratégia do técnico Maurício Barbieri. O Nacional percebeu os erros de posicionamento do rival e forçou uma blitz para tentar abrir o placar.

 

O lado direito da defesa brasileira não se encontrou e foi por ali que o Nacional construiu a vitória. Aos 8 minutos, Zabala entrou na área, foi no fundo e cruzou rasteiro. Cleiton fez defesa parcial e Trezza pegou o rebote para abrir o placar.

 

A desvantagem obrigou o Bragantino a adiantar a equipe para buscar o empate. Mas os erros de passe e a boa marcação uruguaia minaram a reação da equipe brasileira. Atento aos erros do adversário, o Nacional praticamente repetiu a jogada do primeiro gol para balançar novamente as redes.

 

Zaballa recebeu a bola sem marcação pela ponta-esquerda e fez o centro na pequena área. Cándido, sem marcação, só empurrou para o gol, para fazer 2 x 0 aos 30 minutos.

 

A partida ficou tensa. Praxedes e Helinho acabaram amarelados ainda na etapa inicial. O Bragantino até conseguiu levar vantagem sobre a defesa do Nacional no final do primeiro tempo, mas a boa atuação do goleiro Rochet foi decisiva para manter o placar do primeiro tempo inalterado.

 

No segundo tempo, o Nacional voltou com uma postura mais ofensiva e, logo de cara, obrigou Cleiton a trabalhar. O Bragantino passou a forçar as jogadas com Artur, pela direita, mas as tentativas foram em vão. Nem as entradas de Alerrandro e Lucas Evangelista alteraram o panorama da partida.

 

O Nacional teve uma etapa complementar bem mais tranquila, não foi ameaçado e ainda teve a chance de ampliar em cobrança de pênalti. Fagúndez foi para a cobrança, a bola bateu nas duas traves e entrou. O goleiro Cleiton ainda tirou a bola com os pés, mas a arbitragem validou o terceiro gol para os uruguaios.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Com a partida definida em 3 x 0, o Nacional apenas esperou o tempo passar para encerrar a sua participação na fase de grupos com uma vitória diante de sua torcida. 

 

Fonte: Metrópoles

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.