NOTÍCIAS
Manaus
29/05/2020

Covid-19: Profissionais do programa‘Brasil Conta Comigo’ começam a atuar no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Foram 48 profissionais contratados para atuar em cinco unidades de saúde do Amazonas.

O Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo começou, nesta sexta-feira (29/5), a receber profissionais de saúde do programa ‘Brasil Conta Comigo’, do Governo Federal.

 

Eles fazem parte da equipe de 48 profissionais enviada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam) pelo Ministério da Saúde (MS) para atuar nas unidades da área, em Manaus.

 

Ao todo, 13 enfermeiros e cinco médicos começam a atuar na unidade, ainda, na noite desta sexta-feira. Esses profissionais foram, inicialmente, contratados para atuar no Hospital Gilberto Novaes, unidade de campanha da Prefeitura de Manaus, mas não chegaram a ser absorvidos. O MS os encaminhou, então, para atuarem juntos aos profissionais do HPS Platão Araújo, na zona leste de Manaus.

 

Veja também

 

Sepror realiza entrega de 47 toneladas de alimentos para 25 instituições em Manaus

 

Susam vai assumir administração plena do Hospital Universitário Francisca Mendes

 

“Para o hospital Platão Araújo está sendo excelente receber mais profissionais, não só médicos, mas enfermeiros, e aqui, no primeiro momento, estamos fazendo o acolhimento para mostrar a importância deles, que estamos precisando sim de mais profissionais para atuar na unidade e depois, estamos mostrando quais são os nossos protocolos, nossos fluxos”, afirmou o diretor da unidade, Márcio Rodrigues.

 

Nesta quinta-feira (28/5), os 48 profissionais enviados à Susam foram integrados ao corpo de profissionais da pasta e encaminhados aos respectivos postos de trabalho. Todos receberam treinamento prévio e foram testados para Covid-19.

Desafio - O enfermeiro Arthur Benjoíno é especialista em terapia intensiva, urgência e emergência. Ele veio de Brasília para atuar no Amazonas através do programa e falou sobre os desafios e as expectativas de iniciar os trabalhos.

 

“Quando vi o chamado na televisão que o estado estava precisando de ajuda, me prontifiquei de imediato e comecei a me organizar pra que aqui estivesse. Agora que estou aqui no Amazonas, espero muito qualificar o serviço de saúde prestado aqui, apoiar a população local e conseguir, dessa maneira, diminuir as taxas de morte e adoecimento das pessoas, combatendo logo essa pandemia”, afirmou.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram 
Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 

 

Ele também destacou a importância da experiência para os médicos e enfermeiros que aceitaram ficar longe das famílias por uma causa maior. “A gente se sente soldado no campo de batalha, batalhando contra um inimigo que a gente não conhece ainda tão bem, contra o qual não temos ainda uma arma eficaz, mas ainda assim não estamos deixando ninguém no campo de batalha adoecer sozinho, se sentir sozinho. Essa é a nossa finalidade aqui. Através do Ministério da Saúde, a gente se cadastrou e aqui está pra apoiar o Estado e a região no combate ao Covid”, destacou o profissional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.