25 de Maio de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Mulher
22/01/2022

Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher remeteu à Justiça 97% dos inquéritos instaurados em 2021

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM

Entre os crimes contra a mulher mais registrados em 2021 estão o de ameaça e injúria, respectivamente

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das três unidades da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), teve um intenso trabalho no combate a violência doméstica em 2021, que resultou em 97% dos inquéritos policiais instaurados remetidos ao Poder Judiciário, totalizando 5.779, conforme apontam os dados da Divisão de Recebimento, Análise e Distribuição de Inquéritos (Drad), da PC-AM.

 

Entre os crimes contra a mulher mais registrados em 2021 estão o de ameaça, com 6.540 ocorrências, e injúria com 3.712, segundo o Centro Integrado de Estatística de Segurança Pública (Ciesp).

 

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da DECCM centro-sul, os números são positivos e mostram o empenho das equipes policiais no combate aos crimes contra as mulheres no Amazonas. A autoridade policial ressaltou a importância das vítimas de violência denunciarem seus agressores.

 

Veja também

 

EXCLUSIVO! ‘PORTAL DO ZACARIAS’ entrevista a Delegada Débora Mafra falando sobre agressões contra as mulheres. VEJA REPORTAGEM AO VIVO

 

Cabelo cacheado: 5 truques para cuidar dos fios

 

“A partir das denúncias, nossas equipes entram em campo para tirar essas vítimas do ambiente de violência em que vivem, inclusive com apoio social e psicológico para que elas se sintam acolhidas”, enfatiza Débora Mafra.

 

A PC-AM conta com três DECCMs, que estão situadas nos bairros Parque Dez de Novembro, zona centro-sul; Cidade de Deus, zona norte; e Colônia Oliveira Machado, zona sul da capital amazonense.

 

“Estamos em diferentes zonas da cidade para proporcionar as vítimas um atendimento imediato, rápido e mais próximo delas, que muitas vezes não tinham condições financeiras para procurar as delegacias mais distantes. Hoje, elas vêm à delegacia, registram suas ocorrências, tem todo um atendimento policial e, se for percebido que essa vítima precisa de um atendimento psicossocial, ela é encaminhada ao Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Cream), que faz esse atendimento”, explicou ela.

 

Operações – Entre as principais operações deflagradas está a Operação Resguardo, que ocorreu em março de 2021, e resultou em 104 prisões e mais de 3 mil mulheres atendidas. Também houve a Operação Maria da Penha, deflagrada em agosto, que culminou em 22 prisões por violência doméstica e 650 mulheres atendidas.

 

”Todas essas operações ocorreram em parceria com a Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e o Serviço de Apoio Emergencial à Mulher (Sapem), da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). Esse trabalho é desempenhado para salvar vidas”, ressaltou a delegada

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Denúncias – As denúncias devem ser realizadas pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Caso a violência esteja ocorrendo no momento da denúncia, é recomendável entrar em contato imediatamente pelo 190, da PMAM, para um possível flagrante.

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.