NOTÍCIAS
Esportes
01/08/2020

GP da Inglaterra: Hamilton acorda no fim, quebra recorde de Silverstone e conquista pole

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Hexacampeão mundial chega a rodar no Q2, mas na hora da verdade supera companheiro Bottas para alcançar 91ª pole na Fórmula 1; Verstappen e Leclerc dividem segunda fila

Lewis Hamilton não liderou nenhum treino livre, nem as duas primeiras partes da classificação, mas na hora que interessava, ou seja, no Q3, quebrou o recorde da pista de Silverstone e conquistou sua 91ª pole position na Fórmula 1. Na etapa final da classificação, o hexacampeão e líder do campeonato deste ano, que chegou a rodar no Q2, fez 1m24s303 e acabou 0s313 à frente do companheiro Valtteri Bottas, que vinha dominando o fim de semana.

 

O GP da Inglaterra começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. A narração será de Cleber Machado, com comentários de Felipe Giaffone e Luciano Burti.

 

Max Verstappen voltou a ser o piloto mais próximo - ou menos distante - das Mercedes e vai largar em terceiro com a RBR, mas com um tempo 1s022 pior que o de Hamilton. Já Charles Leclerc surpreendeu e levou a Ferrari ao seu melhor grid na temporada, em quarto lugar. Lando Norris, da McLaren, ficou na quinta posição e vai dividir a terceira fila com Lance Stroll (Racing Point).

 

Veja também

 

Covid-19: piloto Sergio Pérez testa positivo e não corre domingo na F1

 

Neto toma banho no ar para comemorar eliminação do São Paulo

Completam os dez primeiros do grid, da sétima à décima colocações, Carlos Sainz Jr. (McLaren), Daniel Ricciardo (Renault), Esteban Ocon (Renault) e Sebastian Vettel (Ferrari). Chamado às pressas para substituir Sergio Pérez, diagnosticado com coronavírus, Nico Hulkenberg ficou em 13º lugar com o carro da Racing Point.

 

Resultado do treino*

 

Resultado da classificação do GP da Inglaterra — Foto: Reprodução/FOM

 

*Daniil Kvyat foi punido com a perda de cinco posições por troca de câmbio e, com isso, caiu de 14º para 19º. George Russell, Kevin Magnussen, Antonio Giovinazzi, Kimi Raikkonen e Romain Grosjean ganharam uma posição cada.

 

Os três primeiros


HAMILTON: "Valtteri estava incomodando no final, então foi complicado no final. Acabei rodando, pois estava mal no primeiro setor. Consegui me recuperar, a primeira volta do Q3 foi boa, mas a segunda foi anda melhor"

 

 

BOTTAS: "A classificação foi boa até o Q3, quando a traseira começou a deslizar um pouco. Lewis encontrou mais ritmo que eu e mereceu a pole. Ele venceu largando em segundo ano passado, então torço por boas oportunidades amanhã"

 

 

VERSTAPPEN: "A Mercedes estava simplesmente muito veloz. A gente tenta o nosso melhor, que é o P3. Existe sempre uma chance de lutar na corrida começando em terceiro"

 

 

O que você precisa saber?


- Pole de número 91 da carreira de Lewis Hamilton, que ampliou o recorde.

 

 

- Quarto lugar de Charles Leclerc é a melhor posição de largada da Ferrari em 2020.

 

 

- George Russell avançou ao Q2 pela terceira corrida consecutiva pela Williams.

 

 

Q1 - 18 minutos e cinco eliminados

 

A Mercedes dominou desde o começo do Q1, com Bottas superando Hamilton em 0s339 na primeira tentativa, e Leclerc fazendo uma boa volta para ficar em terceiro, à frente de Stroll. Mas aí veio Verstappen para se colocar entre os carros da Mercedes, a apenas 0s023 de Bottas - Hamilton deu uma errada na sua primeira volta lançada.

 

Na sequência, Bottas melhorou seu tempo para 1m25s801, e Hamilton conseguiu acertar sua volta para ficar apenas 0s099 atrás do companheiro de equipe. Curiosamente, os dois pilotos da McLaren, Carlos Sainz Jr. e Lando Norris, chegaram a estar exatamente o mesmo tempo de 1m26s855.

 

Nos minutos finais, Nicholas Latifi deu uma rodada e, com isso, ficou em último lugar. Já Hulkenberg fez uma boa volta e subiu para quinto, logo atrás de Stroll, e Gasly pulou para sexto, enquanto Vettel melhorou e subiu para oitavo, à frente de Leclerc, que perdeu posições no fim. Quem perigou foi Lando Norris, que ficou em 15º, mas acabaram eliminados, além de Latifi, os pilotos de Haas e Alfa Romeo.

 

Eliminados

 

Resultado do Q1 na classificação do GP da Inglaterra — Foto: Reprodução/FOM

 

16º KEVIN MAGNUSSEN (HAAS)


17º ANTONIO GIOVINAZZI (ALFA ROMEO)


18º KIMI RAIKKONEN (ALFA ROMEO)


19º ROMAIN GROSJEAN (HAAS)


20º NICHOLAS LATIFI (WILLIAMS)

 

Q2 - 15 minutos e cinco eliminados


O Q2 começou com Bottas quebrando o recorde da pista ao marcar 1m25s015, enquanto Verstappen fez 1m26s144. Hamilton rodou na sua primeira tentativa na saída da curva Luffield e sujou a pista de brita, o que levou a direção de prova a agitar a bandeira vermelha, o que interrompeu o Q2.

 

Liberada a pista, Hamilton entrou imediatamente na pista e marcou o segundo melhor tempo, com 1m25s347, o suficiente para garantir a passagem ao Q3 sem problemas. Aliás, os favoritos fizeram suas melhores voltas com pneus médios, o que, por regulamento, os obrigam a largar com esses compostos.

 

Na disputa pelas últimas vagas no Q3, a surpresa negativa foi a eliminação de Alexander Albon, que ficou apenas em 12º com a RBR, à frente de Nico Hulkenberg. Seu companheiro na Racing Point, Lance Stroll sofreu para se classificar apenas em décimo, exatamente com o mesmo tempo de 1m26s501 marcado por Pierre Gasly, mas o canadense avançou por ter feito a marca antes. Também se classificaram as duplas de Ferrari, Renault e McLaren.

 

Eliminados

 

Resultado do Q2 no treino para o GP da Inglaterra — Foto: Reprodução/FOM

 

11º PIERRE GASLY (ALPHATAURI)


12º ALEXANDER ALBON (RBR)


13º NICO HULKENBERG (RACING POINT)


14º DANIIL KVYAT (ALPHATAURI)


15º GEORGE RUSSELL (WILLIAMS)

 

Q3 - dez minutos e disputa pela pole


Na primeira rodada de tentativas no Q3, Hamilton fez 1m24s616 e quebrou o recorde da pista, enquanto Bottas ficou 0s150 atrás. O mais direto perseguidor, Verstappen, ficou a 1s147 na primeira volta lançada, com Stroll na quarta posição.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

Hamilton melhorou ainda mais seu tempo na última tentativa e aumentou a vantagem sobre Bottas, que chegou a fazer o melhor primeiro setor mas não foi páreo para o companheiro. Verstappen confirmou o terceiro lugar, e Leclerc subiu para quarto, à frente de Norris e Stroll.

 

Globo Esporte

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.