NOTÍCIAS
Plantão Policial
16/07/2020

Mãe se esconde para flagrar estupro após receber bilhete da filha de 11 anos sobre padrasto: 'Ele mexe comigo'

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Foto meramente ilustrativa

Um homem foi preso em flagrante em Praia Grande, no litoral de São Paulo, após uma criança escrever um bilhete para a mãe relatando que o padrasto "mexia" com ela. O suspeito de 36 anos foi detido por estupro de vulnerável na última terça-feira (14).

 

"Mãe, o [padrasto] mexe comigo", disse a menina por meio de um bilhete como forma de aviso para a mãe, que já desconfiava da mudança de comportamento da criança. Após receber o recado, a mulher se escondeu em casa e flagrou o padrasto no quarto junto com a filha.

 

O flagrante e a prisão do suspeito ocorreram na quarta-feira (15), no bairro Jardim Trevo. O homem tentou negar o crime.

 

O bilhete escrito pela pequena vítima (Foto: Divulgação)

 

Veja também

 

Menino devolvido por três famílias na adoção chora ao enfim ser amado, e reação da web aquece o coração

 

Gato ranzinza que fingia não gostar do bebê é flagrado indo escondido fazer carinho nele

De acordo com o delegado assistente da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, Alex Mendonça do Nascimento, a mãe da criança disse que há alguns meses reparou que a menina estava com um comportamento diferente.

 

Para tentar o flagrante, a mulher contou ao marido que iria trabalhar, mas se escondeu em casa . Ela relatou que permaneceu escondida e, momentos depois, o padrasto colocou a criança à força em um dos quartos da casa.

 

A mulher saiu do esconderijo e viu o marido de cueca ao lado da menina , em uma ação que parecia ser uma tentativa de estupro. Ela chamou a polícia, que foi até a casa e o prenderam em flagrante.

 

No depoimento, a mãe contou que a criança pedia constantemente para trabalhar com ela, como forma de evitar ficar em casa com o padrasto.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

O Instituto Médico Legal (IML) constatou que a menina tem lesões de abusos sexuais que aconteceram anteriormente. "Quer dizer que a situação vem ocorrendo há algum tempo", disse o delegado ao G1 Santos e Região. O caso foi registrado como estupro de vulnerável, com prisão preventiva do suspeito. O caso vai ser investigado pela polícia.  

 

iG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.