26 de Junho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Bizarro
24/05/2022

Minotauro no fundo de lago em Neuquén, na Argentina, deixa turistas assustados

Foto: Reprodução

Você ficaria assustado ao ver um minotauro no fundo de um lago?

Imagine se deparar com um minotauro em pé no fundo de um lago? A estátua que vem causando medo em muitos turistas está localizada no lago Mari Menuco, em Neuquén, na Argentina. Trata-se de um minotauro de um metro e meio de altura, de 250 kg, que foi colocado a quatro metros de profundidade. Segundo o jornal local LM Neuquén, além dos dois chifres típicos do ser da mitologia grega, a estátua de ferro e concreto esconde, dentro de um cofre com cadeado, seu coração.

 

Durante os meses de março e abril deste ano, muitos visitantes do Mari Menuco relataram a presença assustadora. Uma dessas pessoas é Cristian (nome falso para preservar a identidade), que relatou ao periódico argentino que estava andando de caiaque em 10 de abril, quando percebeu que havia “algo” debaixo da água.

 

“E lá eu vi, era um minotauro. Primeiro eu fiquei com medo. Sabe? Existem muitos mitos sobre a água e todos nós rimos, mas acho que há alguma verdade. Ou pelo menos, naquele momento, todas as dúvidas que eu tinha sobre seres sobrenaturais foram confirmadas. Era um minotauro”, conta o argentino ao LM Neuquén.

 

Veja também

 

Floresta amaldiçoada: vultos caminham entre árvores em sítio no Pará

 

Moda bizarra da web: jovem come carne podre para ficar drogado

 

Segundo ele, quando viu a estátua pela primeira vez, teve o impulso de sair correndo com o caiaque, a toda velocidade em direção à costa. Mas, acabou relaxando.

 

Mais tarde, Cristian decidiu investigar o que significava um minotauro no fundo do lago e encontrou um termo: “gen ko’. Na visão de mundo do povo mapuche, que habita a região, “gen ko” é associado às energias protetoras dos lugares. “Cada elemento da natureza tem o seu ‘gen ko’ e é por isso que os mapuches sempre pedem permissão para entrar na água ou cortar uma árvore. Eles pedem essa permissão ao ‘gene ko’”, explica o argentino ao jornal.

 

Ainda conforme a cultura mapuche, quando esses a natureza se sentem ameaçada, os seres mitológicos aparecem. “Como forma de cuidar. E acho que estamos causando muitos danos ao meio ambiente e temos que ter cuidado. Você viu quantos poços de petróleo existem ao redor desse lago artificial [Mari Menuco]? Sem falar na seca. É um problema real e talvez seja por isso que alguém colocou o minotauro lá. Para avisar que estamos fazendo algo errado”, comenta Cristian ao LM Neuquén.

 

A publicação verificou a informação do “gen ko” com Lefxaru Nawel, da Confederação Mapuce de Neuquén: “Sim, para nossa cultura é assim. Todos os elementos em geral têm seu ‘gen ko', que significa água. Então ele diz respeito às energias protetoras da água”.

 

Outra curiosidade é que, para os mapuches, “Mari’ significa 10 e “Menuco”, zonas úmidas. “Aquela área, antes de ser inundada para criação do lago, era um lugar muito importante por possuir remédios e um ‘gen ko’ muito importante. Eles são respeitados e dizem que naquela área se reuniam para pastar e colher remédios. Agora, infelizmente, está inundado e é a caixa d’água para toda Neuquén”, afirma Lefxaru Nawel ao jornal local.

 

Ele explica que, apesar da escultura, o “gen ko” não pode ser visto por todas as pessoas. “Eles estão sempre lá, mas nem todos podem vê-los. Sempre pedimos permissão para agir, quando entramos no lago ou em cerimônias. Na nossa cultura, existem pessoas que conseguem vê-los em todos os elementos da natureza”.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Não se sabe a autoria da estátua do minotauro.

 

Fonte: Trendsbr

 

 

 

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.