21 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Qualidade de Vida
10/06/2024

Pelos pubianos: sua remoção pode ser prejudicial à nossa saúde?

Foto: Reprodução

Em artigo, professor explica que os pelos pubianos podem até ajudar a atrair possíveis parceiros sexuais e aumentar o prazer

De depilações hollywoodianas e vajazzles (tatuagens temporárias) a clareamento e piercing, há aparentemente infinitas maneiras de estilizar as regiões inferiores e tentar criar uma imagem corporal idealizada.

 

Talvez, no entanto, antes de seguir as últimas tendências da moda genital, devêssemos nos perguntar por que os pelos estão lá em primeiro lugar: qual é a função deles – e sua remoção pode ser prejudicial à nossa saúde?

 

Há um propósito para todos os muitos grupos de pelos que crescem em nossa pele.As sobrancelhas, por exemplo, evitam que o suor escorra para os olhos e nos permitem transmitir nossas emoções por meio da expressão facial. Os cílios evitam que detritos danifiquem nossos olhos. Até mesmo os minúsculos pelos individuais de nossos braços e pernas se conectam a nervos igualmente minúsculos e atuam como órgãos sensoriais, dando-nos a sensação de pressão e vibração.

 

Veja também 

 

TRANSE MAIS! 9 DICAS CIENTIFICAMENTE COMPROVADAS PARA TURBINAR O SEXO

 

Pesadelos: descubra os mais comuns pelo mundo e os significados. Spoiler: no Brasil é queda de dente

Então, o que dizer dos pelos pubianos? O que a ciência nos diz sobre sua função ?Grande parte do esforço para moldar ou remover os pelos pubianos também molda e define as identidades sexuais. Pesquisas demonstraram que as mulheres, em particular, sentem pressão social para remover os pelos do corpo e que os pelos pubianos podem afetar sua autopercepção e atratividade sexual.

 

No entanto, os pelos pubianos podem ajudar a atrair possíveis parceiros sexuais e aumentar o prazer sexual.

 

Pelos pubianos: sua remoção pode ser prejudicial à nossa saúde?

 

Parte dos rituais de acasalamento dos animais é regida por feromônios, substâncias químicas que podem induzir mudanças comportamentais em diferentes sexos, instigando a consciência e a atração por um parceiro em potencial – e o desejo de procriarEmbora as propriedades dos feromônios não estejam tão bem estabelecidas em humanos, especula-se que os pelos pubianos desempenhem um papel significativo.

 

As regiões pubiana e da virilha têm uma grande concentração de glândulas sudoríparas, que podem ser a fonte de feromônios. Os pelos pubianos podem reter feromônios ou, devido ao calor preso sob eles, tornar os feromônios voláteis (transformados em gases). Isso poderia potencialmente maximizar seus efeitos em um parceiro sexual.

 

Outro benefício sexual sugerido para os pelos pubianos é que a sensação gerada pelo movimento dos pelos ou o efeito da fricção durante a relação sexual pode ser sexualmente prazerosa – ou agir como uma defesa para a pele ao redor.Os pelos pubianos podem ter uma função protetora? Um estudo constatou que, sob o microscópio, os pelos pubianos tinham uma cutícula externa mais espessa em comparação com os retirados do couro cabeludo.

 

Essa talvez seja a razão pela qual os pelos pubianos tenham uma textura mais grossa. Os autores do estudo levantam a hipótese de que essa cutícula mais espessa pode atuar como uma barreira contra danos à pele causados pela urina, que contém os compostos irritantes amônia e ureiaA depilação dos pelos pubianos tem sido associada a um risco maior de infecções genitais, mas isso também foi refutado.

 

290+ Pelos Pubianos fotos de stock, imagens e fotos royalty-free - iStock

Fotos: Reprodução

 

Outra investigação sugeriu que as mulheres que se depilavam tinham maior risco de desenvolver padrões recorrentes de infecções do trato urinário (ITUs), já mais comuns em mulheres. A ciência por trás dessa observação foi que a remoção dos pelos pubianos também remove grupos de bactérias que residem dentro e ao redor dos pelos. Essas bactérias podem ter um efeito protetor, impedindo a invasão de outras bactérias, como uma das principais causas de ITUs, o E-coli.

 

O mesmo estudo sugeriu que as bactérias podem entrar na pele danificada após tratamentos pubianos e que pode haver outros agentes protetores nos folículos pilosos que ajudam a evitar infecções.

 

Para aqueles que gostariam de remodelar seus pelos pubianos, estudos demonstraram que os folículos pilosos podem ser enxertados na região pubiana, da mesma forma que podem ser transferidos para o couro cabeludo. A hipotricose do púbis, uma condição que causa a perda de pelos pubianos, também pode ser tratada com enxertos de folículos pilosos.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

Portanto, os pelos pubianos e sua verdadeira função continuam sendo um enigma. Uma coisa é certa: a luta contra os pelos encravados é real para aqueles que se depilam, depilam com cera e arrancam. Se você sentir alguma irritação, é melhor deixar os pelos em paz. Sua pele lhe agradecerá por isso.O artigo foi escrito pelo médico e neurocientista Dan Baumgardt, que é professor titular da Escola de Fisiologia, Farmacologia e Neurociência da Universidade de Bristol, no Reino Unido, e publicado na plataforma The Conversation Brasil. 

 

Fonte: Revista Veja

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.