NOTÍCIAS
Plantão Policial
22/07/2020

Polícia Civil prende indivíduo que engravidou enteada com deficiência intelectual e abusou sexualmente de três sobrinhas

Compartilhar:
Foto: Alailson Santos / PC-AM

Polícia Civil prende indivíduo que engravidou enteada com deficiência intelectual e abusou sexualmente de três sobrinhas

Policiais civis do 25° Distrito Integrado de Polícia (DIP), com o apoio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), prenderam, na terça-feira (21/07), por volta das 9h30, um homem de 48 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável. O indivíduo é investigado por ter abusado sexualmente e, supostamente, engravidado a própria enteada, uma mulher de 28 anos, que possui deficiência intelectual, além de ter estuprado outras três sobrinhas de 14, 16 e 18 anos, da mesma família. Os crimes ocorriam desde 2011.

 

A ação policial foi coordenada pelos delegados Márcio André Campos e Joyce Coelho, titulares do 25º DIP e Depca, respectivamente. Segundo Joyce, as investigações em torno do caso tiveram início em fevereiro de 2019, quando uma adolescente de 14 anos compareceu com a mãe dela na Especializada, após uma palestra na escola, para informar que era abusada sexualmente pelo companheiro da tia, desde que tinha nove anos.

 

“Após a primeira vítima denunciar, outras duas adolescentes de 16 e 18 anos, que são da mesma família, também formalizaram a denúncia contra o homem. Elas informaram que, nas ocasiões dos delitos, o indivíduo aproveitava quando elas iam para a casa da avó e esperava o momento oportuno para apalpá-las, bem como colocá-las no colo dele para praticar atos libidinosos. Com base nisso, detectamos que se tratava de um abusador intrafamiliar”, relatou a delegada.

 

Veja também

 

Ex-sargento do Exército que comandou assalto e assassinato de empresário é procurado pela DERFD

 

'Operação Beiradinho' prende traficantes que expulsavam moradores de suas casas no bairro da Chapada, Zona Centro-Sul de Manaus

Joyce Coelho informou, ainda, que o caso mais grave ocorreu com a enteada dele, uma mulher de 28 anos, portadora de deficiência intelectual. Em março deste ano, a vítima procurou a Depca e relatou também uma longa trajetória de abusos sexuais cometidos pelo infrator e que contava com a participação da própria mãe dela, que era conivente com o crime. Ainda de acordo com relatos dos familiares, a vítima chegou a, supostamente, engravidar do infrator, porém teve um aborto espontâneo.

 

“Sendo assim, representei pelo pedido de prisão preventiva em nome dele. A ordem judicial foi expedida no dia 15 de abril deste ano, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes Contra Dignidade Sexual da Criança e Adolescente. Entretanto, desde o ano passado, ele estava em local incerto”, explicou ela.

 

Prisão

 

O delegado Márcio André destacou que denúncias anônimas foram feitas no prédio do 25ª DIP, informando que um indivíduo estaria se escondendo na comunidade São João, no quilômetro quatro da rodovia federal BR-174. “Sendo assim, constatamos que havia um mandado de prisão em aberto no nome dele, seguimos ao local e conseguimos efetuar a prisão”, disse Campos.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Procedimentos

 

O indivíduo será indiciado por estupro de vulnerável. A esposa dele já foi indiciada também pelo mesmo delito. Ao término dos procedimentos cabíveis na Depca, ele será levado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia via videoconferência. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.