NOTÍCIAS
Plantão Policial
07/07/2020

Polícia Federal deflagra operação contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro em Manaus e Tabatinga

Compartilhar:
Foto: Divulgação

A Operação Shelde investiga tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e outros crimes

A Polícia Federal (PF) no Amazonas deflagrou, na manhã de hoje, terça-feira (7), a Operação Schelde, inaugurando a fase ostensiva de Inquérito Policial, por meio do qual são investigados fatos relacionados a possíveis práticas de crimes, como pertencimento a organização criminosa, tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e uso de documentos ideologicamente falsos.


A Justiça Federal da Seção Judiciária do Amazonas deferiu parcialmente representação da Polícia Federal e expediu 7 mandados de busca e apreensão, 3 de prisão temporária e 1 de prisão preventiva, os quais são cumpridos nas cidades de Manaus e Tabatinga, Estado do Amazonas, nessa etapa da investigação criminal.


O Inquérito Policial foi instaurado pela PF após tomar conhecimento da apreensão, no Porto de Antuérpia, na Bélgica, de 250kg (duzentos e cinquenta quilogramas) de cocaína, que estavam sendo transportados, ocultados em vigas de madeira, com destino à Holanda.

 

Veja também


MOTOQUEIROS MATAM HOMEM IDENTIFICADO COMO 'NEGO' COM TIROS DE PISTOLA NO CONJUNTO COPHASA, ZONA CENTRO-OESTE DE MANAUS

 

Bandidos fogem da polícia e deixam para trás duas armas de fabricação caseira no bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus


Durante a investigação a PF identificou uma possível organização criminosa dedicada à logística do tráfico internacional de drogas.
Para isso, os envolvidos se utilizam de empresas “de fachada” para, em meio a produtos aparentemente lícitos destinados à exportação, transportar drogas desde os países produtores vizinhos, passando pelo Amazonas e outros estados brasileiros, até a Europa.

 

A Justiça Federal expediu mandados de prisão preventiva, temporária

de busca e apreensão  que estão sendo cumpridos em Manaus e Tabatinga (Foto: Divulgação) 


Ademais, suspeita-se da utilização de nomes falsos por parte de alguns dos indivíduos pertencentes à organização criminosa transnacional, na tentativa de se esquivar da aplicação da lei penal.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp. 



Os indiciados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes supramencionados, cujas penas, somadas, podem ultrapassar os 30 anos de prisão.


O nome da operação é uma referência ao Rio Schelde, à margem do qual se situa o Porto da Antuérpia, na Bélgica, local da apreensão de drogas que ensejou o início dessa investigação.

 

A PF deve divulgar o resultado final da operação até o final da manhã.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.