14 de Junho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Curiosidade
19/05/2024

Por que no Brasil falamos 'meia' no lugar de 'seis'?

Foto: Reprodução

Às vezes, reproduzimos expressões idiomáticas sem nunca parar para pensar de onde elas vieram.

 

E uma que costuma passar batido entre nós é o uso da palavra "meia" para significar "seis", como na expressão "meia dúzia de ovos", ou quando citamos um número de telefone.

 

E por que será que falamos assim? Não há uma resposta definitiva a essa dúvida, mas há algumas hipóteses que remetem às nossas raízes históricas e à nossa conexão com Portugal.

 

Veja também

 

De onde vêm as sementes para plantar frutas sem sementes?

 

PARASSONIA: O que acontece dentro do cérebro de um sonâmbulo?

 

AS ORIGENS HISTÓRICAS DO "MEIA"

 

(Fonte: GettyImages/ Reprodução)

 

Segundo algumas versões dadas por historiadores portugueses, esta é uma tradição que remonta aos anos 1930, quando os telefones usados nas casas das famílias eram conectados a uma central telefônica que fazia a ligação. Quando se desejava falar com algum parente, era preciso ligar à central e pedir a ligação a um atendente.

 

Ocorre que o som de "três", na pronúncia comum em Portugal, lembra muito à de "seis" (algo como o "trêix" e "sêix" típico dos cariocas). Como os telefones da época tinham bastante ruído, os dois números eram confundidos pelos telefonistas, e a ligação não chegava ao lugar certo.

 

Por conta disso, passou-se a usar "meia" como uma referência à metade de uma dúzia, composta por doze unidades de um mesmo objeto. Portanto, "meia" seria uma redução de "meia dúzia", e indicaria o número seis.

 

Assim, o "meia" não costuma ser usado de forma solta, mas sim no contexto de um numeral mais extenso. Não se fala, por exemplo, que uma criança tem "meia anos" no lugar de seis anos.

 

MEIA COMO METADE DE UMA HORA

 

Meia designa também trinta minutos, a metade de uma hora inteira. (Fonte: GettyImages)

Fotos: Reprodução

 

Meia, aliás, é uma palavra bem múltipla, já que pode indicar um número (meia dúzia), uma peça de vestimenta (a meia que usamos no pé) ou mesmo o total de trinta minutos (ao falar, por exemplo, que agora são "seis e meia").

 

O termo "meia" como a peça que usamos para aquecer o pé remete aos romanos, que, na época clássica, não usavam calças nem sapatos. Eles aprenderam a usar peças de panos nos pés que iam até os joelhos com os alemães e franceses, que viviam em ambiente mais frios. Em seguida, os romanos chamaram a nova roupa de "calceum".

 

Com o tempo, essas peças foram se estendendo e acabaram sendo esticadas até a cintura, mas o termo calceum permaneceu. Um dia, alguém decidiu cortar fora a parte do pé, pois ela costumava sujar mais que o resto da roupa: surgiam então as calças. Já o pedacinho que cobria o pé, agora separado do resto, virou meia, por ser uma parte da calça.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

Já o hábito de falarmos meia para indicar trinta minutos tem uma explicação bem simples. Falamos assim porque trinta minutos indica a metade de uma hora (composta por sessenta minutos). Portanto, usa-se meia para falar, de forma mais rápida e simples, o horário que marca a metade de uma hora inteira.

 

Fonte: Mega Curioso

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.